Seremos arrebatados. Certeza que Tiago e amigos carregam até hoje!

por 15:34 0 comentários
Falar da morte para muita gente é um tema frustrante. Há pessoas que acreditam na morte como o fim da existência, e contraditoriamente há cristãos que acreditam nisso. Digo ser contradição porque a Bíblia está repleta de exemplos para comprovar que a existência humana vai muito além do corpo. Ela explica a criação como um sopro divino, sopro que nos deu espírito e vida. Os profetas anunciam Deus como pessoa que se aproxima de sua criação e se revela como aquele que está conosco sempre. Deus diz ser o Deus de Abraão, Isaac e Jacó. E a Bíblia com autoridade afirma que ele não é Deus de mortos, mas de vivos.

A certeza da existência de espírito no corpo humano está presente em todas as religiões e os cristãos anunciam aquele que veio "não só a alma do mal salvar, também o corpo ressuscitar". A ressurreição dos mortos é o momento final da existência humana na terra conforme as palavras do próprio Jesus: "A vontade do Pai é que eu os ressuscite no último dia". O apóstolo Paulo explicou como se dará esse momento: Os mortos ressuscitarão primeiro, depois nós, os que estivermos vivos, seremos arrebatados, ao encontro do Senhor nos ares" (I Ts 4).

Hoje estou chorando a dor da ausência de dois grandes amigos: Tiago e Tinho. E sei que há mais gente chorando a morte de sua companheira de viagem. Os três faleceram tragicamente naquele horrível acidente em Simões Filho. Lamentamos a morte porque ela não deveria existir, Deus não criou a separação entre corpo e espírito. A Bíblia afirma que o pecado entrou no mundo, e pelo pecado a morte. Em outro momento afirma: (portanto) o salário do pecado é a morte.

Choramos hoje porque a morte não deveria existir, e nesse caso a morte foi um acidente. O que nem era pra existir, não devia ter acontecido tão cedo. Minha amizade com Tiago era profunda! Fomos juntos à Brasília e lembro dos muitos sonhos que sonhamos juntos. Quando pensamos em organizar o Instituto Carvalhos de Justiça ele assinou os primeiros documentos pra compor a diretoria. Era apaixonado pela missão integral da Igreja e pelo trabalho com juventude. Hoje vejo o Instituto dar seus primeiros passos e sei que ele queria mesmo era estar aqui com a gente. Mas como ouvi do Reverendo Caio Fábio, a gente pensa a agenda da estrada, mas não conhece a agenda do caminho. Pensamos juntos nossa caminhada mas há um caminho que está além de nós.

Deus sabia, mas os 'meninos de Deus' não sabiam que iriam nos deixar naquela noite de segunda-feira. Deus não foi surpreendido com o acidente, e repito, concordando com a teologia de Caio Fabio: conhecemos a agenda da estrada, nossa agenda e nossos projetos e sonhos, mas não conhecemos a agenda do caminho. Minha mensagem para os amigos e familiares dos três é confiarmos inteiramente na soberania de Cristo, que ressuscitou e a quem foi dada toda a autoridade nos céus e na terra!

Sou confortado por reconhecer o Senhorio de Jesus Cristo e a nossa incapacidade de compreender a agenda do caminho! Vamos continuar confiando n'Ele e só n'Ele. Quando Jesus voltar a morte estará morta, os meninos e os mortos (em Cristo) ressuscitarão primeiro, depois nós (os que estivermos vivos) seremos arrebatados.

É verdade: haverão novos céus e nova terra. Ali não haverá dor, nem choro, nem morte!

Glória a Deus, que trabalha até hoje! Minha oração é de gratidão ao Pai nosso! Aleluia!


Ricardo Matense

Vereador de Verdade

Ricardo Matense é Vereador no município de Mata de São João, Bahia. Na Câmara Municipal é presidente da Comissão dos Direitos da Criança, do Adolescente e do Jovem e é o relator da Comissão de Legislação, Justiça e Redação Final.

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por comentar meu blog.
Cadastre seu e-mail e receba atualizações gratuitamente.

Um abraço,

Ricardo Matense