De volta à vida digital... atualizações no blog!

por 23:46 0 comentários
A primeira semana de abril chegou com uma agenda apertadíssima. Faltou tempo para noticiar no blog todas as atividades. E foram diversas! Por este motivo, peço desculpas aos leitores. Informo que preparamos um blog com a história de Mata de São João, através do Projeto Rascunhos, do Instituto Carvalhos de Justiça, e com apoio da Secretaria Municipal de Cultura. O blog propõe ser um canal interativo, onde responderemos a consulta dos leitores. Para acessar, basta clicar www.historia.matense.com

Ainda durante a semana, aconteceu as etapas eliminatórias do festival de música e dança. A final será na próxima quinta-feira, 15 de abril, aniversário da cidade. E por falar na data, é importante registrar que o município está recebendo visitantes de São Pedro de Rates, cidade portuguesa, que recebeu – por determinação da Câmara Municipal – o título de cidade irmã. A referência foi ocasionada pelo fato de Garcia D`Ávila ter nascido naquela localidade em Portugal.

Outro fato que faço questão de registrar é a atuação da Secretaria do Trabalho, através do SINE na realização de Ação Cidadã na comunidade de Sauípe, em nosso litoral. Em parceria com a organizações da localidade, o SINE levou os serviços de RG e CTPS para a população.

São estes alguns registros importantes que gostaria de fazer. E mais uma vez, pedir desculpas por ter ficado a semana sem postagens. Agradeço, especialmente, aos nossos leitores (e aos que recebem o blog por e-mail) que cobraram. Muito obrigado.

Aproveito para convidar para receber atualizações gratuitamente por e-mail. Clique aqui.

Ricardo Matense

Vereador de Verdade

Ricardo Matense é Vereador no município de Mata de São João, Bahia. Na Câmara Municipal é presidente da Comissão dos Direitos da Criança, do Adolescente e do Jovem e é o relator da Comissão de Legislação, Justiça e Redação Final.

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por comentar meu blog.
Cadastre seu e-mail e receba atualizações gratuitamente.

Um abraço,

Ricardo Matense